Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Ministro italiano recebe alta após sentir dores no peito

Guido Crosetto estava internado desde a última terça-feira

ROMA, 15 fevereiro 2024, 13:08

Redação ANSA

ANSACheck

As verificações descartaram qualquer dano no coração de Crosetto e suas condições de saúde foram definidas como 'boas ' - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - Após ser internado em virtude de fortes dores no peito, o ministro da Defesa da Itália, Guido Crosetto, recebeu alta nesta quinta-feira (15) de um hospital em Roma.

Incomodado com as persistentes dores na região, o político foi sozinho andando ao pronto-socorro do San Carlo di Nancy, onde estava desde terça-feira (13).

Crosetto passou por vários exames no hospital romano, que afirmaram que as dores foram causadas por uma leve pericardite.

No entanto, as verificações descartaram qualquer dano no coração do italiano e suas condições de saúde foram definidas como "boas".

"Gostaria de agradecer a todos os italianos pelas inúmeras mensagens de solidariedade recebidas nos últimos dias", disse o ministro.

Mesmo internado, Crosetto trabalhou em alguns dossiês importantes e manteve contato com o chefe do Estado-Maior da Defesa, Giuseppe Cavo Dragone, e seu gabinete.

"A proximidade que muitos cidadãos me demonstraram é o melhor incentivo para continuar a trabalhar com determinação e compromisso ao serviço do país, pela defesa e segurança da Itália", concluiu.
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Ou use

Último momento

404 Not Found

404 Not Found


nginx