Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Edição de 2023 do PhotoANSA relata ano marcado por guerras

Agência italiana lançou seu tradicional livro anual de fotos

ROMA, 12 dezembro 2023, 08:06

Redação ANSA

ANSACheck

Uma das imagens do conflito em Gaza para ilustrar o PhotoANSA de 2023 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Um ano de grandes tragédias, marcado por guerras, desastres ambientais e acontecimentos que chocaram a Itália. Um 2023 dominado pelo medo do futuro, mas que não destruiu a esperança, o desejo de vida, de alegria e de união, como no esporte e nos grandes eventos de entretenimento.

A ANSA imortalizou 2023 com a nova edição do PhotoANSA, o tradicional livro anual de fotos da agência italiana de notícias. A apresentação ocorreu nesta segunda-feira (11) no Museu Maxxi, em Roma.

O livro possui imagens da guerra sem fim na Faixa de Gaza, com as suas pequenas e inocentes vítimas, como uma pessoa ferida sendo carregada nos braços por um palestino que é registrado correndo em busca de ajuda.

O conflito na Ucrânia que, apesar da menor atenção midiática, continua provocando dor, como a fotografia de um homem sozinho chorando, perto de Kiev, sobre o corpo de uma menina de nove anos, embrulhado em um lençol.

A edição de 2023 do PhotoANSA também passa pelas tragédias do Mediterrâneo, como a de Cutro, na região da Calábria, com os pequenos caixões brancos alinhados contendo os restos mortais das jovens vítimas de um naufrágio.

Dentro do território italiano, o livro recorda as enchentes que atingiram a Emilia-Romagna na primavera e a triste sequência de feminicídios que não para de crescer no país.

A política italiana aparece na publicação com seus desafios sem precedentes e as homenagens aos falecidos Giorgio Napolitano e Silvio Berlusconi.

No esporte, os históricos sucessos do Napoli na temporada passada da Série A da Itália, que voltou a conquistar o Scudetto depois de mais de 30 anos, e os triunfo do tenista Jannik Sinner foram mencionados no livro, bem como a Ryder Cup em Roma.

Por fim, o fenômeno de "Barbie" nas telonas do país europeu e em todo o mundo ganhou destaque no PhotoANSA.

"Um livro de papel parece uma coisa antiga e obsoleta, mas tem uma forte eficácia. Em física e economia falamos do voo do zangão para indicar um inseto que devido ao seu tamanho não podia voar e em vez disso voa. Nosso livro é algo assim. Ele tem lindas fotos, que são uma ampliação de coisas que aconteceram e que impressionam pelo seu imediatismo", disse o presidente da ANSA, Giulio Anselmi.

A primeira-ministra da Itália, Giorgia Meloni, participou do evento por videoconferência e respondeu às perguntas do diretor da ANSA, Luigi Contu, sobre os principais temas da atualidade e, diante das imagens do horror do conflito no Oriente Médio, convidou a todos a não esquecer as atrocidades cometidas pelo Hamas.

O professor Emanuele Parsi, durante um painel com correspondentes, pediu à comunidade internacional que trabalhe por uma solução duradoura que contemple a fórmula de dois povos em dois Estados.

O tema dos feminicídios esteve no centro da discussão com a atriz Romana Maggiora Vergano, que em "C'è Ancora Domani", filme de grande sucesso, faz o papel de Marcella, filha da protagonista Paola Cortellesi, que é vítima da violência de seu marido.

Na oportunidade, a artista de 26 anos enviou uma mensagem de esperança, lembrando que "hoje as mulheres têm muitas alternativas em relação a Marcella, que é obrigada a se refugiar no casamento".

O presidente da Federação Italiana de Tênis (FIT), Angelo Binaghi, sublinhou as diferenças entre a Copa Davis conquistada em 1976 e a que acabou de ser vencida pelos atletas da Azzurra.

"A vitória de 1976 veio no auge de um ciclo, enquanto a de 2023 deveríamos estar perante a abertura de um ciclo, até porque existe um sistema que cresce como nenhum outro esporte na Itália", explicou.

O CEO da ANSA, Stefano De Alessandri, destacou no encerramento os resultados alcançados pela agência em termos econômicos e fidedignos, lembrando que 2023 foi também o ano da explosão da inteligência artificial, na qual a agência "começou a investir há quatro anos".
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Ou use

Último momento

404 Not Found

404 Not Found


nginx