Esposa de Bruce Willis lançará livro sobre doença do ator

Astro foi diagnosticado com demência frontotemporal

O astro de
O astro de "Duro de Matar" (1988) precisou se afastar do trabalho no ano retrasado (foto: ANSA)

(ANSA) - A modelo Emma Heming, esposa do ator Bruce Willis, está escrevendo um livro de memórias sobre a doença do marido, que foi diagnosticado com demência frontotemporal.

O astro de "Duro de Matar" (1988) precisou se afastar do trabalho no ano retrasado, pois a doença neurológica começou a afetar sua fala e a memória.

O livro será publicado por Maria Shriver, ex-mulher de Arnold Schwarzenegger e neta do ex-presidente dos Estados Unidos John F. Kennedy. A produção ainda não tem um título, mas deverá ser lançada em 2025.

"Será um guia inspirador para quem procura apoio para desempenhar um papel sem precedentes na vida: o de cuidador de quem sofre de demência. Saímos do consultório médico sem recursos ou apoio e com um diagnóstico que ainda luto pronunciar", afirmou Hemming em entrevista ao blog de Shriver.

Inicialmente, quando o ator de 68 anos apresentou os primeiros sintomas da doença em 2022, o diagnóstico foi afasia, distúrbio que gera problemas de linguagem e fala. Um ano depois, os médicos identificaram a demência frontotemporal, cujos sintomas incluem problemas emocionais, de comunicação e dificuldade para andar.

"Hoje tenho muito mais esperança do que no início. Entendo mais esta doença e estou conectada a uma comunidade incrível de apoio. E espero que com minha experiência possa ajudar outras pessoas", concluiu a modelo.

O jornal US Weekly informou que, desde o diagnóstico, toda a família do astro está vivendo junta na mesma residência. Ele possui acompanhamento especializado e ao menos um parente está sempre próximo de Willis. (ANSA).