/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Papa expressa desejo de 'bom êxito' da Cúpula da Amazônia

Defesa do meio ambiente é bandeira do pontificado de Francisco

CIDADE DO VATICANO, 09 agosto 2023, 08:39

Redação ANSA

ANSACheck

Papa Francisco durante audiência geral no Vaticano - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - O papa Francisco expressou nesta quarta-feira (9) o desejo de "bom êxito" da Cúpula da Amazônia, que acontece em Belém, no Pará.

"Queridos peregrinos de língua portuguesa, aproveito esta ocasião para enviar uma saudação particular aos presidentes dos países da região amazônica que, nestes dias, estão reunidos em Belém do Pará, no Brasil", disse o líder católico em sua audiência geral no Vaticano.

"Asseguro a minha oração pelo bom êxito do seu encontro, desejando que se renove o compromisso de todos em prol da criação e de um progresso sustentável", acrescentou o Papa, que tem a luta contra a crise climática como uma das bandeiras de seu pontificado.

A Cúpula de Belém acontece no âmbito da Organização do Tratado da Cooperação Amazônica (Otca), que reúne Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana, Peru, Suriname e Venezuela, além do Brasil.

Os representantes dos oito países assinaram um documento conjunto em que anunciam a criação de uma aliança contra o desmatamento na Amazônia, mas sem se comprometer com prazos.

Além disso, o documento dá pouco espaço à questão da exploração de petróleo na floresta, falando apenas em "iniciar um diálogo" sobre a sustentabilidade de setores como "mineração e hidrocarbonetos".

A Colômbia, por exemplo, cobra o fim da exploração de petróleo na região, em contraste com a posição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que já indicou que não se opõe a atividades offshore na foz do rio Amazonas.

Já nesta quarta, a cúpula ganha a participação de mais sete países convidados: Alemanha, França, Indonésia, Noruega, República do Congo, República Democrática do Congo e São Vicente e Granadinas (presidente pro tempore da Celac). (ANSA)

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Ou use