Roma ganha trem de alta velocidade até Pompeia

Sítio arqueológico é uma das atrações mais visitadas do país

Vista do sítio arqueológico de Pompeia, no sul da Itália (foto: ANSA)
Vista do sítio arqueológico de Pompeia, no sul da Itália (foto: ANSA)

(ANSA) - A partir do próximo dia 16 de julho, Roma, capital da Itália, ganhará uma ligação ferroviária em alta velocidade com o sítio arqueológico de Pompeia, uma das principais atrações turísticas do país.

Atualmente, a viagem entre Roma e Pompeia é feita em um trem Frecciarossa, de alta velocidade, até Nápoles, onde os passageiros precisam descer e trocar de estação para pegar uma composição regional até o sítio arqueológico.

A partir de 16 de julho, a empresa ferroviária Trenitalia oferecerá viagens diretas entre Roma e Pompeia com trens Frecciarossa sempre no terceiro domingo do mês, com trajeto de 1h47 na ida e 2h15 na volta.

Já durante a viagem, os passageiros poderão conhecer a história de Pompeia, antiga cidade romana devastada por uma erupção do vulcão Vesúvio no ano 79, por meio de vídeos exibidos em monitores nos trens.

O Frecciarossa partirá de Roma Termini às 8h53 e chegará em Pompeia às 10h40, com uma parada na estação central de Nápoles.

Ao chegar no destino, o viajante precisa pegar um ônibus até o sítio arqueológico, já incluso no bilhete. Já a viagem de volta partirá de Pompeia às 18h40, com chegada em Roma Termini às 20h55. (ANSA)