Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Setor do turismo de casamento registra boom na Itália em 2023

Área deve aumentar em 2024, chegando a 1,2 mil eventos

ROMA, 07 fevereiro 2024, 14:15

Redação ANSA

ANSACheck

Casamento, em foto de arquivo - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - Fontes do setor turístico relataram um boom no turismo de casamentos na Itália em 2023, com recordes de viagens para este objetivo.

Em uma apresentação intitulada “Itália para casamentos, o evento”, nesta quarta-feira (7), com a presença da ministra do Turismo, Daniela Santanché, foram divulgados dados tanto sobre casais estrangeiros que disseram “sim” na Itália, quando sobre italianos que casaram em uma região diferente de sua cidade de origem.

O setor do chamado “destination wedding” (casamento no destino turístico) viu o volume de negócios crescer 34% no país, atingindo a marca de 830 milhões de euros (R$ 4,4 bilhões) no ano passado.

Para 2024, a expectativa é de uma alta de 8,8%, com 1,2 mil eventos.

“É um setor importante do turismo. Italianos que vivem fora querem voltar a seu próprio país para casar, e fazem isso escolhendo o lugar onde vivem seus pais, para se sentirem mais em casa. Os dados do setor de casamentos são bons e promissores, especialmente na empregabilidade feminina e na valorização de vilarejos e lugares mais escondidos, e muito bonitos”, disse a ministra.


   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use

Último momento

404 Not Found

404 Not Found


nginx