/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Veneza lança site para pagamento de taxa de acesso para turistas

Contribuição de 5 euros será testada entre abril e julho

VENEZA, 16 janeiro 2024, 11:00

Redação ANSA

ANSACheck

Movimentação de turistas no centro histórico de Veneza, na Itália - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - O município de Veneza lançou nesta terça-feira (16) o site para reserva e pagamento da taxa de acesso que será cobrada de visitantes do centro histórico da cidade, que há anos sofre com o turismo de massa e o esvaziamento populacional.

A contribuição de cinco euros (cerca de R$ 27) valerá para viajantes que pernoitarem fora do centro histórico e, inicialmente, será praticada entre 8h30 e 16h30. O pagamento pode ser feito por meio do endereço www.cda.ve.it.

A fase de testes englobará 29 dias não sequenciais, começando pelo período entre 25 de abril e 5 de maio. A cobrança também será realizada em todos os fins de semana entre 25 de abril e 14 de julho, com exceção de 1º e 2 de junho, quando a Itália celebra a Festa da República.

A prefeitura veneziana já ensaia há vários anos a criação de um sistema de reservas a pagamento para adeptos do "bate e volta" entrarem no coração da cidade, porém adiou a iniciativa várias vezes.

Residentes do Vêneto estão isentos, bem como menores de 14 anos. A cobrança também não será feita para quem visitar as ilhas menores da Lagoa de Veneza.

O objetivo da prefeitura é combater o turismo predatório e proporcionar uma melhor qualidade de vida aos seus habitantes, que já protestaram diversas vezes contra os maus hábitos de visitantes, como urinar na rua, mergulhar em canais e fazer piqueniques em pontes. (ANSA)

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Ou use