Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Mark Ruffalo apela a 'vingadores reais' para proteger Amazônia

Ator pediu para líderes de Cúpula agirem para preservar bioma

NOVA YORK, 07 agosto 2023, 16:17

Redação ANSA

ANSACheck

Ator elogiou povos indígenas que protegem bioma © ANSA/EPA

(ANSA) - O ator norte-americano Mark Ruffalo, famoso por interpretar o personagem "Hulk" na franquia de filmes "Os Vingadores", lançou um apelo para convidar os líderes que participarão da Cúpula da Amazônia no Brasil, nos dias 8 e 9 de agosto, a agirem para preservar o bioma.

Em um artigo publicado no último domingo (7) no jornal britânico "The Guardian", o astro da Marvel Studios, ressaltou que é preciso ser "vingadores" na vida real e não em um filme de super-heróis.

Segundo Ruffalo, "seria um desastre terrível para o mundo destruir a Amazônia, que é fundamental para a humanidade", portanto, ela deve ser salva.

Citando cientistas que alertaram que um ponto crítico está se aproximando, onde a floresta não será mais capaz de se regenerar, o ator alerta que isso "é o estágio final para a Terra".

"Mais de 10 mil espécies poderiam ser extintas, iniciando um efeito dominó que afetaria o clima do nosso planeta, nossa água e suprimentos de comida em todos os lugares. Mesmo que você viva do outro lado do globo, isso também é um problema seu", disse ele.

O ator, ativista e cofundador do "The Solutions Project", organização que, entre outras coisas, defende o consumo de energia 100% renovável, enfatiza ainda que para reverter essa tendência é preciso proteger 80% da Amazônia e administrar os outros 20% de "forma sustentável".

Ele destaca o papel dos povos indígenas, a quem chama de "vingadores da vida real", para a preservação da floresta.

"A boa notícia é que existem 'Vingadores' de verdade que nos mostram como fazer. Enquanto brincamos de consumir e destruir, os povos indígenas conservam quase toda a biodiversidade que este planeta ainda possui. Mas, tragicamente, esses povos indígenas estão sendo removidos, atacados e até mortos por múltiplos vilões: governos hostis, lobbies poderosos, tráfico, madeireiros e garimpeiros", enfatizou.

Por fim, Ruffalo defendeu a necessidade de os líderes mundiais se comprometerem "a reconhecer os territórios indígenas e proteger 80% da floresta agora, de acordo com as recomendações científicas".

"Nossos salvadores da Amazônia vão lutar para nos garantir todas as proteções de que precisamos. É hora de chegarem reforços de todos os lados", afirma.

Essa não é a primeira vez que o ator de "De Repente 30" faz apelos em prol da floresta. Durante o governo de Jair Bolsonaro, inclusive, ele chegou a dizer que o mandatário estava "transformando em bode expiatório as pessoas que protegem a Amazônia das queimadas que ele mesmo permitiu que acontecessem". 
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use

Último momento

404 Not Found

404 Not Found


nginx