/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Costa da Espanha é atingida por derramamento de microplásticos

Navio da Libéria perdeu contêiner com milhões de grânulos

MADRID, 09 janeiro 2024, 13:14

Redação ANSA

ANSACheck

Microplásticos são encontrados nas praias da Espanha (Foto: SEO BirdLife/X) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - As regiões costeiras da Galícia e das Astúrias, na Espanha, atravessam uma crise após uma “invasão” de inúmeros grânulos de microplásticos, os chamados pellets, usados na fabricação de produtos em plástico, que teriam caído de um navio cargueiro.

Segundo a imprensa local, a embarcação com bandeira da Libéria teve contêineres perdidos em águas portuguesas no último dia 8 de dezembro, incluindo um que continha sacos de plástico.

O procurador espanhol do Meio Ambiente Antonio Vercher, que abriu ontem uma investigação sobre o desastre ecológico, acredita que existem "indícios de toxicidade" nos milhões de pellets despejados no mar, que não são biodegradáveis.

Para ele, os objetos "contribuem para a poluição por microplásticos, cuja eliminação é um objetivo da União Europeia". A maré também estaria se espalhando para Portugal e França.

Os governos da Galícia e das Astúrias ativaram um alerta para poluição marítima, uma decisão que permite a intervenção do Estado para auxiliar no gerenciamento da emergência.

A organização ambientalista Ecologistas en Acción apresentou ao tribunal de Noia, na Galícia, uma denúncia criminal por crimes ambientais contra o proprietário e o capitão do navio porta-contêineres “Taconao”, que causou o derramamento.

Segundo a denúncia, o “Taconao” perdeu seis contêineres e um deles continha milhares de sacos de 25 kg cada, com milhões de pellets. Na denúncia, os ambientalistas pedem que seja imposto ao proprietário uma caução cautelar de 10 milhões de euros pelos danos causados.

 
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use