Avalanches isolam vilarejos no extremo-norte da Itália

Região do Vale de Aosta enfrentou nevascas no fim de semana

Avalanche isolou o vilarejo de Rhêmes-Notre-Dame (foto: ANSA)
Avalanche isolou o vilarejo de Rhêmes-Notre-Dame (foto: ANSA)

(ANSA) - O vilarejo alpino de Rhêmes-Notre-Dame, na região italiana do Vale de Aosta, está isolado devido a uma avalanche desencadeada após um fim de semana de nevascas no extremo-norte do país.

No entanto, segundo a prefeita da cidade vizinha de Rhêmes-Saint-Georges, Nella Therisod, não há registro de "danos a pessoas ou propriedades". "Os técnicos estão trabalhando para avaliar quando reabrir [a estrada bloqueada] sem colocar ninguém em perigo", disse.

Rhêmes-Notre-Dame abriga cerca de 80 moradores, além de turistas. Também no Vale de Aosta, região que faz fronteira com a França, 4,5 mil pessoas que vivem no Vale de Gressoney estão isoladas desde domingo (3), quando uma massa de neve obstruiu o túnel de acesso à zona.

Já em Cogne, na mesma região, cerca de 2 mil moradores estão isolados devido ao fechamento da estrada regional por precaução.

O governador do Vale de Aosta, Renzo Testolin, convocou na manhã desta segunda-feira (4) o centro de coordenação de socorro para fazer um balanço da situação na região. (ANSA)