/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Telescópio espacial Euclid envia primeiras imagens à Terra

Equipamento da Agência Espacial Europeia tem tecnologia italiana

ROMA, 31 julho 2023, 13:06

Redação ANSA

ANSACheck

Uma das primeiras imagens do Euclid enviadas à Terra - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - Pesquisadores espaciais definiram como "hipnóticas" as primeiras imagens enviadas à Terra pelo Euclid, telescópio da Agência Espacial Europeia (ESA), lançado para apoiar estudos sobre matéria escura.

As fotografias de teste capturaram galáxias em espiral e elípticas sobre um fundo de estrelas e constelações.

Os equipamentos usados para capturar as imagens foram desenvolvidos com o apoio da Itália, através da Agência Espacial Italiana, do Instituto Nacional de Astrofísica e do Instituto Nacional de Física Nuclear.

As primeiras imagens da operação oficial devem chegar em cerca de dois meses, mas as fotos de teste já são consideradas a prova de que o telescópio espacial está funcionando conforme o esperado.

O equipamento chegou ao ponto de observação no último dia 28 de julho e ficará posicionado a 1,5 milhão de quilômetros da Terra.

"Depois de mais de 11 anos de projeções e desenvolvimento do Euclid, é extremamente emocionante ver essas primeiras imagens", disse Giuseppe Racca, gerente do projeto do telescópio na ESA.

Ele ainda afirmou que o potencial do telescópio é muito maior: "Uma vez calibrado completamente, o Euclid poderá observar bilhões de galáxias para criar o maior mapa 3D do céu já visto".

O chefe do Consórcio Euclid, Yannick Mellier, também comemorou o resultado: "Com Euclid e seus dados, esperamos poder inaugurar uma nova era da cosmologia observacional e da astronomia estatística".

A missão custa 1,4 bilhão de euros (R$ 7,3 bi), e a Itália colabora através de uma série de universidades, como as de Bolonha, Ferrara, Turim, Gênova, Salento, Trieste, Milão e Roma.

Centros italianos de pesquisa também foram responsáveis por construir os sensores de navegação, o satélite e os painéis solares.
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use