Agência Espacial Europeia avança na preparação da Missão Ariel

Telescópio do projeto foi construído por cientistas italianos

Missão vai analisar exoplanetas (foto: ANSA)
Missão vai analisar exoplanetas (foto: ANSA)

(ANSA) - A Agência Espacial Europeia (ESA) avançou mais um passo na preparação da missão Ariel, que será a primeira a investigar as atmosferas dos exoplanetas (aqueles que estão fora do Sistema Solar), com lançamento previsto para 2029.

A carga útil dos instrumentos científicos passou com sucesso por uma revisão preliminar, graças ao trabalho do consórcio europeu que inclui, entre outras instituições, a Agência Espacial Italiana (ASI), o Instituto Nacional de Astrofísica (Inaf) da Itália e a Universidade de Florença.

Agora que o comitê de revisão confirmou que os sistemas cumprem os requisitos técnicos, científicos e operacionais, as equipes vão passar à fase de "revisão crítica de design", última etapa antes da produção.

"As principais contribuições italianas à missão são a realização e os testes do telescópio, um projeto trabalhoso, que exige um ambiente criogênico com temperatura de -220ºC", explicou Barbara Negri, da ASI.

A missão Ariel é fruto de um consórcio que une 50 institutos de 17 países europeus, com contribuição externa da Nasa. (ANSA).