Missão espacial com astronauta italiano é lançada nos EUA

Coronel Walter Villadei ocupa a função de piloto da Ax-3

Lançamento ocorreu com um foguete Falcon 9, da SpaceX, no Centro Espacial Kennedy (foto: ANSA)
Lançamento ocorreu com um foguete Falcon 9, da SpaceX, no Centro Espacial Kennedy (foto: ANSA)

(ANSA) - A missão privada Ax-3, que possui como destino a Estação Espacial Internacional (ISS) e tem o coronel italiano Walter Villadei entre os tripulantes, começou na última quinta-feira (18).

O lançamento ocorreu com um foguete Falcon 9, da SpaceX, no Centro Espacial Kennedy, em Cabo Canaveral, nos Estados Unidos.

Com o espanhol Michael López-Alegría no comando da missão, o italiano ocupa a função de piloto. A tripulação também é composta pelos astronauta sueco Marcus Wandt e turco Alper Gezeravci.

A previsão é de que o quarteto chegue na ISS no próximo sábado (20). O grupo será recebido pelos sete astronautas a bordo da Estação Espacial, liderada pelo dinamarquês Andreas Mogensen.

"Boa viagem ao coronel Walter Villadei na missão Ax-3, fruto da colaboração entre o governo italiano e a Axiom Space. Graças ao empenho das empresas líderes do setor, a comida italiana desembarcará na Estação Espacial Internacional. Orgulhoso do nosso sistema", celebrou o ministro das Relações Exteriores e vice-premiê da Itália, Antonio Tajani.

Teodoro Valente, presidente da Agência Espacial Italiana (ASI), declarou que o país "confirmou seu papel de liderança" ao prosseguir com as "atividades de investigação e desenvolvimento espacial".

"A missão representa uma oportunidade para demonstrar mais uma vez a capacidade científica e tecnológica do sistema do país, contribuindo para fortalecer o papel significativo da Itália em todos os setores deste setor altamente estratégico", acrescentou. (ANSA).