Nave privada pilotada por italiano chega à ISS

Grupo de quatro astronautas ficará na estação por 2 semanas

Lançamento da missão AX-3, na Flórida, Estados Unidos (foto: ANSA)
Lançamento da missão AX-3, na Flórida, Estados Unidos (foto: ANSA)

(ANSA) - A nave Crew Dragon Freedom, da missão privada AX-3 e pilotada pelo italiano Walter Villadei, coronel da Aeronáutica Militar, chegou à Estação Espacial Internacional (ISS) na manhã deste sábado (20).

O veículo também leva o sueco Marcus Wandt, da Agência Espacial Europeia (ESA), o turco Alper Gezeravci, primeiro de seu país a ir ao espaço, e o hispano-americano Michael López-Alegría, da empresa privada Axiom Space e comandante da primeira missão comercial à ISS apenas com astronautas europeus.

"A acoplagem da nave marca o início da fase operacional da missão AX-3, durante a qual serão conduzidos importantes experimentos pelo nosso coronel Villadei e seus colegas", disse o ministro da Defesa da Itália, Guido Crosetto.

"A Defesa participou ativamente do projeto para aproveitar as oportunidades de desenvolvimento oferecidas pela nova economia espacial", acrescentou.

Os quatro astronautas devem ficar duas semanas na ISS, período no qual farão diversos experimentos, incluindo para monitorar objetos espaciais que retornam à atmosfera e a possível colisão de satélites de comunicações com detritos na órbita da Terra. (ANSA)