/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Morre atriz Antonella Lualdi, uma das divas do cinema italiano

Ela tinha 92 anos e estava internada em um hospital

ROMA, 10 agosto 2023, 10:15

Redação ANSA

ANSACheck

Antonella Lualdi era uma das principais atrizes do cinema italiano - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - A atriz Antonella Lualdi, um dos grandes nomes do cinema italiano, morreu nesta quinta-feira (10), aos 92 anos.

Ao lado de Lucia Bosè e Gina Lollobrigida, Lualdi era considerada uma das grandes estrelas das telonas do país europeu, principalmente por ter participado de vários sucessos nas décadas de 1950 e 1960, como "Miracolo a Viggiù", "Ha fatto 13" e "La cieca di Sorrento".

Lualdi, que é natural do Líbano, estava internada em um hospital fora de Roma, mas a causa de sua morte não foi revelada. O funeral da atriz será no próximo sábado (12), na capital italiana.

Ao longo de sua carreira, Lualdi trabalhou com inúmeros nomes importantes do cinema italiano, como Mario Mattoli, Mauro Bolognini, Francesco Maselli e Ettore Scola.

"Perdemos uma esplêndida atriz das telonas desde os anos 1950 até o início do terceiro milênio. Uma carreira de sucesso, ao lado dos maiores diretores e atores italianos. Ela foi uma das protagonistas do cinema italiano", disse o ministro da Cultura, Gennaro Sangiuliano.

O último filme que a atriz participou foi "La bella società" (2009), com direção de Gian Paolo Cugno. Já em 2018, a atriz e cantora lançou sua autobiografia, intitulada "Io Antonella, amata da Franco".
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use