/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Aos 89 anos, morre soprano italiana Renata Scotto

Artista era uma das mais conhecidas no mundo da ópera

GENOVA, 16 agosto 2023, 08:47

Redação ANSA

ANSACheck

Renata Scotto morreu de forma repentina em sua casa em Savona - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - A italiana Renata Scotto, uma das sopranos mais conhecidas do mundo, morreu nesta quarta-feira (16), aos 89 anos de idade.

Natural de Savona, a artista se apresentou no palcos dos mais prestigiados teatros do planeta, como o La Scala de Milão, Metropolitan de Nova York e Royal Opera House de Londres.

"Morreu uma cantora ímpar e uma grande música, artista, mulher e savonesa. Ela era culta, requintada, generosa e simples. Seu amor pela música era contagiante e ela soube transmitir tanto a busca pela perfeição, que ela conhecia, quanto a simplicidade acessível da música para qualquer um", escreveu o prefeito de Savona, Marco Russo.

A morte repentina de Scotto deixou o mundo da ópera de luto, tanto que foi homenageada por diversos músicos.

"Estou com o coração partido. Uma das maiores cantoras de ópera de todos os tempos, uma professora dedicada aos jovens cantores e para mim, pessoalmente, uma das parceiras mais assíduas no palco", disse o tenor espanhol Plácido Domingo. 
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use