/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Alvo de polêmica, filme com Bradley Cooper é exibido em Veneza

Caracterização do ator foi criticada po prótese em nariz

VENEZA, 03 setembro 2023, 12:32

Redação ANSA

ANSACheck

Maquiagem do ator foi criticada © ANSA/EPA

(ANSA) - O filme "Maestro", uma cinebiografia do compositor Leonard Bernstein, foi apresentado neste sábado (2) no Festival de Cinema de Veneza em meio a uma polêmica pela caracterização do ator e diretor norte-americano Bradley Cooper.

Na produção, Cooper aparece com uma prótese no nariz para ficar mais parecido com Bernstein, provocando críticas por estar pesadamente maquiado para ficar com "cara de judeu".

Hoje, a filha mais velha do maestro, Jamie, disse que a representação feita por Cooper respeita seu pai. "Eu, com [meus irmãos] Nina e Alex, conhecemos Bradley, entendemos seu trabalho e confiamos, abrindo nossa casa e nosso arquivo. Fomos retribuídos porque tudo neste filme tem gosto de amor e respeito por ele e pela nossa mãe Felícia", afirmou ela.

De acordo com a mulher de 70 anos, "não há nada que não seja respeitoso, inclusive na aparência".

Por sua vez, o maquiador do filme, Kazu Hiro, disse estar surpreso com a polêmica. "Lamento se magoei os sentimentos de algumas pessoas, mas esta representação tinha que ser a mais autêntica possível. Há muitas imagens dele e tivemos que respeitá-las sem comprometer", acrescentou Hiro.

Cooper, que também dirigiu o filme, e sua co-estrela Carey Mulligan, não estão em Veneza para apresentar o filme devido à greve contínua de atores e roteiristas de Hollywood.

O longa é uma poderosa viagem musical e emocional ao mundo do maestro, compositor, professor, pianista Bernstein entre as suas contradições musicais e a bulimia, além de sua bissexualidade.

"Não é um filme biográfico clássico por causa da singularidade da pessoa. Não é uma biografia mas sim uma história de amor, uma linda homenagem aos meus pais e à música do meu pai", concluiu.

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use