/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Pesaro inicia mandato como capital italiana da cultura

Presidente Sergio Mattarella destacou identidade 'inimitável' do país

ROMA, 21 janeiro 2024, 10:36

Redação ANSA

ANSACheck

Vista de Pesaro, na costa adriática da Itália - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - A cidade de Pesaro, na costa adriática da Itália, iniciou neste sábado (20) seu mandato como capital nacional da cultura em 2024, iniciativa promovida pelo governo para estimular o turismo nos municípios escolhidos.

A cerimônia de inauguração contou com a presença do presidente da República, Sergio Mattarella, que foi ovacionado por um público de cerca de 8 mil pessoas na Arena Vitrifrigo, incluindo 2 mil estudantes de 40 escolas.

"A Itália reúne um grande número de lugares de cultura: dos centros mais remotos até importantes cidades. Essa cadeia é muito mais que lugares expostos na vitrine, é a expressão da pluralidade das culturas que tornam nossa pátria tão atraente e que fazem nossa identidade ser inimitável", disse Mattarella.

Segundo o presidente, a "cultura não aceita restrições ou fronteiras e refuta a pretensão de poderes públicos ou grandes corporações de direcioná-la rumo a um monopólio do pensamento único".

"Se a cultura é saber, criatividade, emoção, paixão, sentimento, então é o pressuposto das nossas liberdades", reforçou o chefe de Estado.

Ao longo do ano, Pesaro deve promover mais de mil eventos culturais, incluindo nos 50 municípios da província homônima.

O título de capital italiana da cultura foi instituído em 2015 e, desde então, já passou por cidades de norte a sul do país, como Cagliari, Siena, Mântua, Palermo e Parma. Em 2023, o mandato foi dividido entre Bergamo e Brescia, municípios da Lombardia duramente afetados pela pandemia de Covid-19. (ANSA)

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use