'C'è ancora domani' recebe 19 indicações para 'Oscar italiano'

Cerimônia do 'David di Donatello' será realizada no dia 3 de maio

Paola Cortellesi, protagonista e diretora de 'C'é ancora domani' (foto: ANSA)
Paola Cortellesi, protagonista e diretora de 'C'é ancora domani' (foto: ANSA)

(ANSA) - O filme "C'è ancora domani', dirigido pela atriz Paola Cortellesi, foi confirmado como o título cinematográfico recordista deste ano na Itália, com 19 indicações para o prêmio "David di Donatello" de 2024, considerado o "Oscar" do cinema italiano.

O filme em preto e branco narra o drama doméstico de uma dona de casa na Roma pós-guerra e aborda questões de patriarcado e empoderamento feminino no ano em que as mulheres italianas votaram pela primeira vez.

Em dezembro passado, a produção de Cortellesi tornou-se o longa de maior bilheteria nos cinemas italianos desde 1º de janeiro de 2023.

Já o filme "Io Capitano", de Matteo Garrone, disputará 15 estatuetas, enquanto que "La Chimera", de Alice Rohrwacher, 13.

A produção de Marco Bellocchio, "O Rapto", foi indicada em 11 categorias, e "Comandante", de Edoardo De Angelis, em 10.

"Alcançamos a paridade entre qualidade e sucesso. É um cinema feminino e de grandes mestres, que olha para a memória e para a história. Quase todos os filmes, exceto 'Io Capitano', se passam em uma época diferente", comentou Piera Detassis, presidente da Accademia dei David.

A 69ª edição da premiação será realizada no próximo dia 3 de maio em cerimônia transmitida pela Rai 1 e organizada por Carlo Conti, juntamente com Alessia Marcuzzi e Fabrizio Biggio. (ANSA).