/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Itália e Argentina reforçam cooperação na luta contra máfia

Autoridades inauguraram unidade especial da PF de Buenos Aires

BUENOS AIRES, 20 setembro 2023, 10:27

Redação ANSA

ANSACheck

Fabrizio Lucentini participou de evento de lançamento - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - O embaixador da Itália na Argentina, Fabrizio Lucentini, e o diretor da Direção de Investigação Antimáfia, Michele Carbone, participaram na última terça-feira (19), em Buenos Aires, da apresentação da Unidade Antimáfia da Polícia Federal, criada para investigar o crime organizado no país.

O evento foi presidido pelo ministro da Segurança da Argentina, Anibal Fernandez, que ressaltou que esta é a primeira unidade de investigação da região dedicada especificamente ao combate contra as máfias no exterior.

"A luta contra o crime organizado é uma área prioritária de cooperação entre a Itália e a Argentina na qual se registra uma forte sinergia graças à excelente colaboração a nível institucional e operacional entre os dois países", afirmou Lucentini em seu discurso.

No início do mês, os dois países já haviam assinado um memorando de entendimento e colaboração com o objetivo de fortalecer a luta contra o crime organizado e o terrorismo em ambas as nações.

A parceria, firmada pelo promotor nacional antimáfia, Giovanni Melillo, e o procurador-geral interino da Argentina, Eduardo Casal, também prevê uma colaboração mútua no desenvolvimento de projetos e atividades conjuntas de pesquisa, treinamento e acadêmicas.

Além disso, prevê a troca de informações e a ajuda mútua para a investigação, repressão e punição destes crimes, bem como para a recuperação de bens obtidos ilicitamente.

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Ou use