/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Meloni e Macron discutem crise migratória em reunião em Roma

ROMA, 26 setembro 2023, 12:39

Redação ANSA

ANSACheck

Meloni e Macron participaram de funeral de Napolitano © ANSA/EPA

(ANSA) - A primeira-ministra da Itália, Giorgia Meloni, se reuniu nesta terça-feira (26) com o presidente da França, Emmanuel Macron, no Palazzo Chigi, em Roma, para discutir a nova crise migratória.

O encontro ocorreu após o funeral de Estado do ex-presidente da Itália Giorgio Napolitano, morto no dia 22 de setembro, aos 98 anos, que aconteceu na Câmara dos Deputados, em Roma.

O governo italiano revelou que os dois líderes tiveram "uma longa e cordial reunião" e discutiram as principais questões internacionais".

Segundo o Palazzo Chigi, "a gestão do fenômeno migratório e as prioridades econômicas tendo em vista a cúpula "Med 9", em Malta, na próxima sexta-feira, e o Conselho Europeu informal, na semana que vem, em Granada" foram o foco.

Fontes do Palácio do Eliseu também confirmaram que Macron e Meloni “continuaram as suas trocas de pontos de vista sobre a necessidade de encontrar uma solução europeia para a questão da migração”.

“Os dois líderes também falaram sobre as prioridades econômicas da União Europeia”, acrescentou a fonte.

Nas últimas semanas, a Itália tem enfrentado um aumento das chegadas de deslocados internacionais via Mar Mediterrâneo e viu a França reforçar seu efetivo para controlar o fluxo de migrantes na fronteira com o país.

O governo de Macron chegou a prometer ajuda à Itália, apesar de seu ministro do Interior, Gérald Darmanin, afirmar que a França não acolherá migrantes da ilha de Lampedusa.

Em novembro do ano passado, as relações entre Paris e Roma chegaram a ficar tensas após a Itália se recusar a receber os 230 migrantes que estavam a bordo do navio humanitário "Ocean Viking". Na ocasião, as autoridades francesas permitiram o desembarque no porto de Toulon.
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use