/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Giorgia Meloni e Viktor Orbán se reúnem em Bruxelas

Líderes participam de cúpula do Conselho Europeu nesta quinta

BRUXELAS, 31 janeiro 2024, 20:06

Redação ANSA

ANSACheck

Meloni vede Orban, scambio di vedute prima del vertice Ue - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - A primeira-ministra da Itália, Giorgia Meloni, e seu homólogo da Hungria, Viktor Orbán, se reuniram nesta quarta-feira (31) em Bruxelas.

A reunião no hotel Amigo, no centro da capital da União Europeia, durou cerca de uma hora. No meio tempo, o presidente da França, Emmanuel Macron, também chegou ao local.

Entre os temas do encontro estariam os bloqueios, pela Hungria, dos pacotes de ajuda da União Europeia à Ucrânia.

O tema deve estar no centro da reunião de cúpula extraordinária do Conselho Europeu nesta quinta-feira (31).

Segundo informações, a questão da italiana Ilaria Salis, presa em Budapeste sob acusação de ter agredido militantes de extrema-direita, também estaria na pauta.

Sua família e a defesa denunciam que ela é mantida sob custódia em condições desumanas, e o caso ganhou maior repercussão quando, na segunda-feira (29), ela compareceu ao tribunal acorrentada pelas mãos, pés e cintura.

A oposição acusou Giorgia Meloni de não ter tomado posição sobre o caso por ter boas relações com o líder de extrema-direita Orbán.


   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use