Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Trento lidera ranking italiano de doação de órgãos

Capital trentina comandou tabela das grandes cidades do país

ROMA, 11 abril 2023, 11:17

Redação ANSA

ANSACheck

Doação de Órgãos na Itália bateu recorde em 2022 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - Pelo segundo ano consecutivo, Trento ficou na liderança em um ranking que avalia a quantidade e o interesse dos cidadãos em doação de órgãos e tecidos entre as grandes cidades italianas.

O relatório do Centro Nacional de Transplantes ainda colocou Geraci Siculo, na Sicília, como destaque entre os municípios pequenos. Já Corato (Puglia) liderou a lista das cidades de tamanho médio.

Entre os 44 municípios italianos que possuem mais de 100 mil habitantes e foram avaliados pelo Gift Index, Trento teve um índice de doação de 69,76/100. Sassari e Livorno ficaram atrás na classificação, com 67,69.

Corato, que registrou uma média de 77,65, fechou o ranking na frente de Nuoro, que havia ficado na liderança da edição passada do estudo. Geraci Siculo, contudo, conseguiu um índice de 94,58.

Ao longo de 2022, a Itália registrou pelo menos 2,8 milhões de novas declarações de interesse de doação. As maiores porcentagens de consentimento foram registradas entre as mulheres, que foram 71,3% contra 66,2%.

Já sobre a idade das pessoas que participaram do estudo, a oposição à doação é ligeiramente maior entre os jovens de 18 a 25 anos.
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Ou use

Último momento

404 Not Found

404 Not Found


nginx