Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Funeral de filho do último rei da Itália será em 10/2 em Turim

Vittorio Emanuele di Saboia faleceu pacificamente em sua casa

ROMA, 04 fevereiro 2024, 14:42

Redação ANSA

ANSACheck

Vittorio Emanuele di Saboia faleceu aos 86 anos - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - O funeral de Vittorio Emanuele di Saboia, filho de Umberto II, último rei da Itália, será realizado no próximo dia 10 de fevereiro, às 15h (horário local), na Catedral de Turim.

A informação foi divulgada neste domingo (4) em comunicado emitido pela antiga casa real de Saboia.

Segundo a nota, imediatamente após a cerimônia fúnebre, o filho do último rei italiano será sepultado "de forma estritamente privada" na cripta real da Basílica de Superga.

Na próxima sexta-feira (9), das 12h30 às 21h (horário local), será instalada a capela funerária na igreja de Sant'Uberto, no interior do Palácio Real de Venaria.

Emanuele di Saboia faleceu pacificamente no último sábado (3) em Genebra, onde a sua família se exilou no pós-guerra, aos 86 anos. Ao longo dos anos, ele acumulou uma série de polêmicas, incluindo escândalos de corrupção e assassinato.

Ele é filho do último monarca do país, Umberto II, que governou apenas um mês em 1946 após a abdicação de seu pai, Vittorio Emanuele III (1900- 1946), rei que apoiou a ascensão do ditador fascista Benito Mussolini ao poder.
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use

Último momento

404 Not Found

404 Not Found


nginx