Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Autópsia de vitimas de exorcismo na Itália comprova tortura

Kevin, 16, e Emanuel, 5, foram assassinados pelo próprio pai

PALERMO, 18 fevereiro 2024, 15:19

Redação ANSA

ANSACheck

Polícia isola local de triplo homicídio em Altavilla Milicia, sul da Itália - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - A autópsia nos corpos de duas vítimas de um triplo homicídio durante um ritual de exorcismo na Itália confirmou a existência de sinais de tortura.

Os irmãos Kevin, de 16 anos, e Emanuel, de cinco, foram assassinados ao lado da mãe, Antonella Salamone, 41, na casa da família em Altavilla Milicia, na Sicília.

O autor confesso do crime é o próprio pai dos meninos e marido de Antonella, o pedreiro Giovanni Barreca, 54, que foi ajudado pela filha mais velha, de 17 anos, e teria sido incentivado pelo casal de fanáticos religiosos cristãos Sabrina Fina, 42, e Massimo Carandente, 50.

Os quatro estão presos, e tanto o pai quanto a primogênita admitiram que os homicídios foram cometidos para "libertar" a família "do demônio". Fina, Carandente e Barreca se conheceram nas redes sociais, e a amizade teria alimentado a obsessão do pedreiro com o exorcismo.

Segundo a autópsia concluída na noite de sábado (17) pelo Instituto Médico Legal do Hospital Policlínico de Palermo, os corpos de Kevin e Emanuel tinham sinais de queimaduras e maus-tratos, indicando que ambos foram seviciados e torturados pelos agressores.

Já o cadáver da mãe foi carbonizado e estava sepultado no jardim da residência, portanto exigirá mais tempo para ser analisado pelos legistas. O relatório final da autópsia deve ser apresentado em até 90 dias e indicará a causa exata das mortes.

"Em tantos anos de carreira, nunca tinha visto algo tão horrível", disse na última sexta (16) o procurador que lidera o inquérito, Ambrogio Cartosio.

Kevin e Emanuel devem ser velados e sepultados nesta segunda-feira (19), em Altavilla Milicia. (ANSA)

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use

Último momento

404 Not Found

404 Not Found


nginx