/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Papa expressa solidariedade por tragédia no Rio Grande do Sul

CIDADE DO VATICANO, 09 setembro 2023, 08:25

Redação ANSA

ANSACheck

Destruição provocada por chuvas em Muçum, no Rio Grande do Sul © ANSA/EPA

(ANSA) - O papa Francisco expressou solidariedade ao Brasil por conta das mais de 40 mortes provocadas pela passagem de um ciclone extratropical pelo Sul do país.

A mensagem está em um telegrama enviado pelo secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin, ao arcebispo de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, Leomar Antônio Brustolin.

No texto, o Papa expressa "solidariedade orante às comunidades afetadas pelas fortes chuvas que, nos últimos dias, atingiram o estado do Rio Grande do Sul, deixando um rastro de destruição e morte".

"O papa Francisco, com sua paternal solicitude, quer assegurar a Vossa Excelência e aos demais bispos da região dos sufrágios que oferece pelo eterno descanso das vítimas fatais, bem como das preces que eleva ao altíssimo pelas famílias desabrigadas, desejando que a reconstrução das localidades atingidas ocorra de maneira rápida e eficaz", diz o telegrama.

Além disso, o pontífice concede a bênção apostólica a "todos os que foram afetados pelas grandes enchentes".

Essa é a pior tragédia climática da história do Rio Grande do Sul e já contabiliza pelo menos 41 mortos e 46 desaparecidos no estado. Além disso, uma pessoa faleceu em Santa Catarina, levando o total de vítimas para 42. (ANSA)

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Ou use