Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Itália é 3º país no mundo para turismo de negócios

País fica atrás apenas de EUA e Espanha

ROMA, 24 maio 2023, 14:33

Redação ANSA

ANSACheck

Cada vez mais as viagens de turismo estão atreladas as de passeio - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - A Itália é o terceiro país no mundo quando o assunto é turismo de negócios, ficando atrás apenas dos Estados Unidos e da Espanha, mostrou um ranking global feito pela Associação Internacional de Congressos e Convenções (Icca) divulgado nesta quarta-feira (24).

Segundo o relatório, os norte-americanos realizaram 690 eventos do tipo, contra 528 dos espanhóis e 520 dos italianos.

Além disso, o documento aponta que 85% dos congressos e convenções ocorreram de forma presencial.

No ranking por cidades, Roma e Milão são as mais bem colocadas da Itália, na 14ª e 18ª posições, respectivamente. Além disso, o documento apontou que esse tipo de turismo é cada vez mais conjugado com as viagens de passeio.

O segmento do chamado turismo business está registrando altas na Itália desde 2021, após o período de maior restrição por conta pandemia de Covid-19 ser aliviado. O crescimento naquele ano foi de 31% na comparação com 2020, mas ainda 56% menor do que em 2019.

De acordo com as previsões do Euromonitor, a despesa mundial dos viajantes que unem trabalho e tempo livre, estimada em US$ 200 bilhões em 2022, deve mais do que dobrar na comparação entre 2021 e 2027, passando de US$ 150 bilhões para cerca de US$ 360 bilhões.

"Os ótimos dados sobre a retomada das viagens de negócios são uma ótima notícia porque, além de fazer bem para a economia, tem um impacto positivo sobre o ambiente e apoiam o objetivo de favorecer estratégicas de dessazonalização dos fluxos turísticos", ressalta a ministra do Turismo, Daniela Santanchè.

A representante do governo ainda lembra que esse tipo de viagem leva "também benefícios para as economias locais porque aumentam a duração das pernoites e das despesas e cresce a possibilidade de conhecer melhor os territórios, os produtos típicos e as tradições, que são pontos fortes do Made in Italy".
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use

Último momento

404 Not Found

404 Not Found


nginx