/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Pompeia ganha guia de visitação para pessoas com autismo

Sítio arqueológico vai atender pessoas com deficiência cognitiva

POMPEIA, 13 julho 2023, 14:12

Redação ANSA

ANSACheck

Turismo na região arqueológica ficará mais acessível - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - O sítio arqueológico de Pompeia, na região da Campânia, no sul da Itália, lançou um guia interativo voltado para adolescentes com transtorno do espectro autista e pessoas com deficiências cognitivas.

O guia "Pompeia em azul - Viagem na Casa de Menandro" foi elaborada em parceria entre a cooperativa de promoção de acessibilidade na arte Tulipano Art Friendly, o Parque Arqueológico de Pompeia e a Universidade de Nápoles Federico II.

O itinerário é composto por um percurso clássico e um facilitado, com o objetivo de aproximar a arte e a arqueologia das pessoas.

"Um projeto muito bonito porque apresenta os valores da inclusão, da acessibilidade e da cultura", elogiou a pró-reitora do Ateneu de Pompeia, Rita Mastrullo.

Arianna Spinosa, arquiteta do parque, acrescentou: "Desde 2016, o parque arqueológico é acessível para pessoas com deficiência física, e agora nos voltamos para as deficiências cognitivas e sensoriais".
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Ou use