Quase 10 milhões de italianos tiraram férias em setembro

Aumento do número foi impulsionado pelo forte calor no país

Aumentou foi de 11% em comparação com o ano passado (foto: ANSA)
Aumentou foi de 11% em comparação com o ano passado (foto: ANSA)

(ANSA) - A quantidade de pessoas na Itália que decidiram tirar férias em setembro subiu para 9,8 milhões, um aumento de 11% em relação ao ano passado.

De acordo com o balanço da Confederação Nacional dos Cultivadores Diretos (Coldiretti), os elevados números foram impulsionados pelo forte calor e também pela chance de aproveitar os preços mais em conta proporcionados pela baixa temporada.

A entidade explicou que a redução dos valores das passagens aéreas, estadias e lazer pode chegar em algumas ocasiões até 50%.

Apesar do principal destino dos turistas ter sido as praias, a Coldiretti detectou um aumento percentual em áreas mais montanhosas, focadas em passeios naturais. (ANSA).