/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Lula rebate críticas de ator de 'Hulk' sobre Cúpula da Amazônia

Mark Ruffalo havia destacado falta de metas concretas

BRASÍLIA, 14 agosto 2023, 09:07

Redação ANSA

ANSACheck

Presidente Lula durante Cúpula da Amazônia © ANSA/EPA

(ANSA) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) rebateu as críticas do ator americano Mark Ruffalo, intérprete do "Hulk" e ativista ambiental, sobre os resultados da Cúpula da Amazônia realizada na semana passada em Belém, no Pará.

"Proteger a floresta é realmente um desafio imenso. A Cúpula da Amazônia reuniu países da região de forma inédita para isso", disse o governante nas redes sociais.

Segundo Lula, houve avanços reais "em uma trajetória para transformar a região com um modelo que combina desenvolvimento sustentável e preservação ambiental".

Na última quinta (10), Ruffalo havia criticado o documento final assinado pelos países da Organização do Tratado da Cooperação Amazônica (Otca), a chamada "Carta de Belém", por não incluir metas claras para a preservação da floresta.

"O senhor é um dos meus heróis, Lula, mas me parte o coração ver que a Declaração de Belém não tem metas concretas para proteger a floresta. É uma emergência climática, e nós não temos tempo a perder", escreveu o ator. (ANSA)

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use