/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Milei faz 1ª viagem oficial ao Fórum Econômico de Davos

Presidente argentino buscará apoio para empréstimo do FMI

BUENOS AIRES, 15 janeiro 2024, 14:30

Redação ANSA

ANSACheck

Milei assumiu cargo em dezembro de 2023 © ANSA/EPA

(ANSA) - O presidente da Argentina, Javier Milei, parte nesta segunda-feira (15) de Buenos Aires rumo à Suíça, onde participará do Fórum Econômico Mundial de Davos.

No evento, ele buscará apoio para obter os US$ 4,7 bilhões de dólares anunciados pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) para a Argentina.

Durante a missão de três dias, o líder ultraliberal terá um encontro reservado com a diretora do FMI, Kristalina Georgieva.

Em sua primeira viagem internacional como chefe de Estado, Milei discursará na quarta-feira (17) na mesa redonda sobre o tema “Atingir segurança e cooperação em um mundo fraturado”.

Ainda na quarta, a chanceler argentina, Diana Mondino, discursará na mesa “Criar crescimento e ocupação para uma nova era”, especificamente sobre o tema do “realismo econômico da América Latina”.

A participação de  Milei será a primeira presencial de um presidente argentino em seis anos, depois da ida do ex-presidente Mauricio Macri em 2018, antes da pandemia.

Também comporão a comitiva a secretária-geral da presidência e irmã de Milei, Karina Milei; o chefe de gabinete Nicolas Posse; e o ministro da Economia, Luis Caputo. .
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use