EUA puxam crescimento do faturamento da illycaffè

Receita cresceu 5% no 1º semestre, sendo 16% nos Estados Unidos

Cristina Scocchia, CEO da illycaffè (foto: ANSA)
Cristina Scocchia, CEO da illycaffè (foto: ANSA)

(ANSA) - A empresa italiana illycaffè registrou expansão de 5% na receita no primeiro semestre de 2023, na comparação com igual período do ano passado, puxada sobretudo pelo mercado nos Estados Unidos, onde a alta foi de 16%.

"Estamos satisfeitos com os resultados da primeira metade de 2023. O crescimento em todos os principais mercados, particularmente nos Estados Unidos e nos países-chave da zona do euro, demonstra a eficácia das estratégias declinadas no plano industrial", disse a CEO da marca de Trieste, Cristina Scocchia.

Segundo a executiva, houve um forte impulso do consumo fora de casa (+16%), confirmando a posição de liderança da illycaffè no segmento "superpremium".

"Decidimos acelerar na China, e estou feliz em anunciar que acabamos de finalizar um acordo de distribuição exclusiva por três anos com o grupo Hangzhou Onechance Tech (Chancemate), cotado na Bolsa de Shenzen e com uma capitalização de mais de 800 milhões de euros", afirmou Scocchia.

A parceria, de acordo com a CEO, servirá para reforçar a presença da illycaffè nos canais domésticos, principalmente nas vendas online, "com o objetivo de triplicar nosso negócio".

Nos Estados Unidos, o segmento de hotéis, restaurantes e cafeterias (HoReCa) cresceu 27%, apoiado por uma taxa de aquisição de novos clientes de dois dígitos e por uma tendência de incremento do consumo médio por pessoa.

Já o canal de varejistas online teve alta de 20% no faturamento, puxado pela Amazon. A rentabilidade do grupo como um todo aumentou 21%, graças ao crescimento orgânico em todos os principais mercados e a uma maior eficiência operacional. (ANSA)