Illy lança café do Cerrado Mineiro a partir de agricultura regenerativa

Produto é o primeiro do mundo 100% certificado nesse sistema

Illy lança café do Cerrado Mineiro (foto: Ansa)
Illy lança café do Cerrado Mineiro (foto: Ansa)

(ANSA) - A empresa italiana illycaffè lançou nesta terça-feira (10), em parceria com produtores brasileiros, o primeiro café no mundo com certificação de origem 100% proveniente da agricultura regenerativa.

O Arabica Selection Brasile Cerrado Mineiro foi apresentado durante um evento no Museu da Imagem e do Som (MIS) de São Paulo, que recebe até 15 de outubro uma exposição organizada pela illy sobre agricultura regenerativa e uma degustação gratuita do novo produto.

"Essa iniciativa nasceu da busca incessante da illycaffè por modos sustentáveis de produzir", disse à ANSA o diretor-geral da marca de Trieste no Brasil, Frederico Canepa.

A agricultura regenerativa é uma bandeira do presidente da empresa, Andrea Illy, que lidera a Regenerative Society Foundation ao lado do economista Jeffrey Sachs. Esse modelo de plantio sustentável promove a recuperação do solo e do meio ambiente ao redor para garantir sua viabilidade em longo prazo, diminuir as emissões de CO2 e melhorar a saúde do ecossistema local.

"Se antes existia um dilema entre produzir em larga escala e usar o solo até ele se tornar improdutivo para as gerações futuras, com esse modelo nós conseguimos as duas coisas: produzir muito e conservar o solo para que ele continue produzindo perenemente", ressaltou Canepa.

Os grãos do Arabica Selection Brasile serão fornecidos por 20 produtores do Cerrado Mineiro, uma das principais regiões cafeiculturas do Brasil e que terá agora um café com selo de denominação de origem comercializado no mundo todo.

"Estar nesse evento de lançamento do café regenerativo da nossa região e saber que isso vai para o mundo é uma realização", afirmou Lucimar Silva, diretora agrícola da Auma Agronegócio e embaixadora do café do Cerrado Mineiro.

Silva descobriu a agricultura regenerativa por meio de Andrea Illy e já trabalha com esse tema há mais de seis anos. "Esse é o caminho para criar um sistema produtivo resiliente, principalmente quanto aos impactos climáticos", disse ela, acrescentando que esse modelo "é rentável" por oferecer um "custo menor e incrementar a produtividade".

A certificação da origem regenerativa é feita pela regenagri, entidade global com sede no Reino Unido, e comprova que houve aumento de substâncias orgânicas no solo, além da melhoria da biodiversidade, reequilíbrio das funções naturais do ecossistema, sequestro de CO2 atmosférico e incremento dos ciclos de água, carbono e nutrientes.

O Arabica Selection Brasile Cerrado Mineiro está disponível em latas de 250 gramas nas versões grão e moído e, segundo Canepa, a ideia agora é replicar a iniciativa em outras regiões produtoras no Brasil, principal fornecedor para o blend illy. (ANSA)