Agência Italiana para a Juventude visita Rio de Janeiro

Missão na América do Sul mira reforçar relações com comunidades

Agência cumpre missão no Rio  (foto: ANSA)
Agência cumpre missão no Rio (foto: ANSA)

(ANSA) - Começa pelo Rio de Janeiro a missão da Agência Italiana para a Juventude na América do Sul, em uma viagem que, além do Brasil, levará a delegação a Argentina e Uruguai.

“Estamos aqui para encontrar os jovens das comunidades italianas, para contar a eles sobre a Itália de hoje, para reconectar nossos relacionamentos”, explica a comissária extraordinária da agência, Federica Celestini Campanari, à ANSA, durante um evento no Consulado Geral da Itália no Rio de Janeiro, onde foi apresentado o concurso “Pensando all’Italia” (Pensando na Itália), um prêmio artístico literário desejado pelo ministro Esporte e Juventude, Andrea Abodi (defensor da reorganização da Agência), que terá como prêmio para os vencedores nas diversas categorias – ensaio curto, poesia e desenho – uma visita às instituições italianas e europeias.

“Frequentemente os jovens italianos que estão aqui no além-mar vivem a Itália pelas distantes lembranças dos parentes, mas nunca estiveram lá, ou não sabem o que realmente o nosso país tem a oferecer, quão grande é o privilégio de ser cidadãos italianos”, indica Celestini Campanari.

A iniciativa, que na delegação conta também com a presença do Conselho dos jovens, “nasce da vontade de realizar uma troca com as organizações territoriais dos países que visitamos, que nos permita construir relações entre as realidades de jovens de países diferentes sobre necessidades recíprocas”, afirma a presidente do conselho, Maria Cristina Pisani.

“É uma atividade que levamos em frente há muitíssimos anos. Neste ano estamos na América Latina com o objetivo de tentar entender não apenas de que forma reforçar a cooperação entre italianos no mundo, mas também entre gerações que vivem em contextos diferentes no mundo”, acrescenta.

Em memória do evento, uma placa comemorativa foi entregue ao cônsul-geral da Itália no Rio, Massimiliano Iacchini, representando a comunidade italiana no Brasil.

 (ANSA).