Rei Charles III é diagnosticado com câncer

Palácio de Buckingham afirmou que monarca já iniciou tratamento

Comunicado acrescenta que o monarca de 75 anos 'está totalmente positivo' (foto: ANSA)
Comunicado acrescenta que o monarca de 75 anos 'está totalmente positivo' (foto: ANSA)

(ANSA) - O Palácio de Buckingham informou nesta segunda-feira (5) que o rei Charles III está com um tipo de câncer e já iniciou os "tratamentos regulares".

O comunicado acrescenta que o monarca de 75 anos "está totalmente positivo e espera retornar ao serviço público o mais rápido possível".

Os detalhes da doença, como a região afetada e o estágio, não foram divulgados. No último domingo (4), Charles III participou de um culto religioso em Sandringham.

A nota do palácio ainda diz que os médicos recomendaram que o monarca adie algumas atividades públicas.

O anúncio aconteceu poucos dias depois de o rei ser internado para corrigir um problema na próstata. O problema não era um câncer, mas um crescimento da glândula.

"Sua Majestade optou por compartilhar o seu diagnóstico para evitar especulações e na esperança de que possa ajudar a compreensão pública de todas as pessoas afetadas pelo câncer em todo o mundo", afirma o palácio.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Rishi Sunak, escreveu em suas redes sociais que toda a nação desejará "boa sorte" para Charles III.

"Desejo a Sua Majestade uma recuperação completa e rápida. Não tenho dúvidas de que ele estará de volta com força total em pouco tempo", afirmou o chefe de governo britânico.

O príncipe Harry já teria conversado com o rei sobre seu diagnóstico de câncer e retornará ao Reino Unido para vê-lo nos próximos dias, de acordo com a emissora britânica BBC.(ANSA).