Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

PF: 'Guru' de Milei participou de desinformação sobre eleições

Fernando Cerimedo é investigado no Brasil

(ANSA) - BRASÍLIA, 08 fevereiro 2024, 15:36

Redação ANSA

ANSACheck

Fernando Cerimedo atuou na campanha de Javier Milei (Foto: Reprodução/Instagram) - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - O publicitário argentino Fernando Cerimedo, um dos estrategistas da campanha do presidente Javier Milei, foi citado nos relatórios da PF que embasaram a determinação do ministro Alexandre de Moraes para realizar a operação Tempus Veritatis, que hoje (8) teve como alvo o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

Segundo a PF, Cerimedo integrou o "núcleo de desinformação e ataques ao sistema eleitoral", divulgando fake news sobre o sistema de votação para criar um clima favorável ao golpe.

O argentino teve um papel destacado na disseminação de supostos estudos sobre irregularidades na votação de outubro de 2022, quando Luiz Inácio Lula da Silva (PT) derrotou Bolsonaro, indica o relatório da PF.

Cerimedo trabalhou ao lado do ex-ministro da Justiça Anderson Torres e do tenente-coronel Mauro Cid, ex auditor de ordens de Bolsonaro entre 2019 e 2022. Em 2023, Cid se tornou delator premiado.

Fernando Cerimedo tem uma antiga relação com o deputado Eduardo Bolsonaro (PL), que fez várias viagens à Argentina em 2022 e 2023 para apoiar Milei. O deputado é o elo entre o presidente argentino e Jair Bolsonaro.

Cerimedo é considerado um "guru" da campanha de Milei, da coalizão "La Libertad Avanza", nas redes sociais em 2023.

Cerimedo afirma ter uma especial admiração por Milei e assegura que sua assessoria na campanha do "La Libertad Avanza" foi "ad honorem" (para a honra, sem contrapartida).
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use

Último momento

404 Not Found

404 Not Found


nginx