Ministra da Saúde convoca mobilização contra dengue

País enfrenta surto da doença neste início de ano

Pacientes com suspeita de dengue em hospital no Rio de Janeiro (foto: ANSA)
Pacientes com suspeita de dengue em hospital no Rio de Janeiro (foto: ANSA)

(ANSA) - A ministra da Saúde, Nísia Trindade, convocou a população e as autoridades brasileiras a lutar contra a dengue, em um pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão na noite de terça-feira (6).

"Convoco todos e todas para uma mobilização nacional, dos governos e de toda a sociedade, para que juntos enfrentemos os atuais surtos e, em breve, possamos fazer com que a dengue seja uma doença do passado", disse.

Segundo Trindade, o ministério "coordenará um esforço nacional para ampliar a produção e acesso a vacinas". "Este é o momento de intensificar os cuidados e a prevenção. Agora é hora de todo o Brasil se unir contra a dengue", ressaltou.

O governo começará em fevereiro uma campanha de vacinação com o imunizante do laboratório japonês Takeda, enquanto o Instituto Butantan trabalha no desenvolvimento de uma vacina própria.

O surto da doença foi tema de uma reunião na última segunda (5) entre a ministra, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom.

Com aumento de 252% nos casos em janeiro na comparação com o mesmo mês do ano passado, Trindade solicitou à população que intensifique os cuidados contra o mosquito da dengue, dado que 75% dos focos estão dentro das casas.

"Nessa missão, conte com o trabalho fundamental dos agentes de combate às endemias. Receba-os, ajude-os na localização e na erradicação de possíveis focos do mosquito em sua casa e na sua vizinhança", acrescentou a ministra no pronunciamento. (ANSA)