Número de mortes por dengue em 2024 sobe para 54

Distrito Federal tem a maior taxa de incidência

Paciente com suspeita de dengue é atendida em hospital no Rio de Janeiro (foto: ANSA)
Paciente com suspeita de dengue é atendida em hospital no Rio de Janeiro (foto: ANSA)

(ANSA) - O número de mortos por dengue no Brasil em 2024 chegou a 54, enquanto os casos prováveis passam de 390 mil em todo o país, sendo que o Distrito Federal é a unidade da federação com o maior coeficiente de incidência da doença, segundo relatório divulgado pelo Ministério da Saúde na quarta-feira (7).

Minas Gerais registrou 11 falecimentos por dengue, seguido por Paraná (10), Distrito Federal (8), São Paulo (6), Santa Catarina (5), Goiás (4), Rio de Janeiro (3), Rio Grande do Sul (2), Mato Grosso (2), Amapá (1), Bahia (1) e Espírito Santo (1).

Já a cifra de casos prováveis subiu para 392.724, sendo Minas Gerais o estado com maior número em termos absolutos, com 135.716, seguido por São Paulo (61.873), Distrito Federal (48.657) e Paraná (44.200).

O DF, no entanto, lidera em termos relativos, com 1.727,2 contágios para cada 100 mil habitantes.

O Brasil enfrenta um surto da doença neste início de ano, com um aumento de 252% nos casos em janeiro, na comparação com o mesmo período de 2022, disse a ministra da Saúde, Nísia Trindade, que fez um pronunciamento em cadeia nacional de rádio e televisão na terça (6) para convocar uma "mobilização dos governos e de toda a sociedade" contra a dengue. (ANSA)