Ucrânia ameaça destruir principal ponte da Crimeia

Objetivo é explodir estrutura que liga a península à Rússia (foto: ANSA)
Objetivo é explodir estrutura que liga a península à Rússia (foto: ANSA)

(ANSA) - A Ucrânia planeja explodir a principal ponte da Crimeia que liga a península à Rússia, informou uma fonte da inteligência militar de Kiev ao jornal "The Guardian" nesta quarta-feira (3).

Segundo o relato, as autoridades ucranianas querem realizar "a terceira tentativa de explodir a ponte do estreito de Kerch" no primeiro semestre de 2024. "Sua destruição é inevitável", declarou a fonte.

Para Kiev, a ponte é um símbolo odiado da anexação do Kremlin. A sua destruição fortaleceria a campanha da Ucrânia para libertar a Crimeia e aumentaria a moral dentro e fora do campo de batalha, onde as forças ucranianas estão em apuros.

Não está claro como o ataque ucraniano se desenvolveria e há sérias dúvidas sobre a capacidade da Inteligência militar da Ucrânia (GUR) de garantir uma operação especial contra um alvo tão bem defendido e óbvio. Mas as autoridades de Kiev acreditam que pode fazer isso.

"Faremos isso no primeiro semestre de 2024", declarou um funcionário, acrescentando que Kyrylo Budanov, chefe da Direção Principal de Inteligência, já possui "a maior parte dos meios para atingir este objetivo".

O plano, inclusive, já teria sido aprovado pelo presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky. (ANSA).