/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Coreia do Norte dispara mísseis em novo teste, diz Seul

Este é o mais recente de uma série de testes feitos por Pyongyang

PEQUIM, 22 abril 2024, 09:39

Redação ANSA

ANSACheck

Novo teste balístico foi anunciado pela Coreia do Sul e Japão © ANSA/AFP

A Coreia do Norte lançou nesta segunda-feira (22) pelo menos "um míssil balístico não identificado" em direção ao Mar do Japão, informou o Comando Conjunto do Estado-Maior da Coreia do Sul.

Em comunicado, os militares de Seul não forneceram detalhes sobre a operação, pois "a análise está em andamento".

Este é o mais recente de uma série de testes realizados por Pyongyang e acontece após o de um porta-aviões balístico de alcance intermédio equipado com uma ogiva hipersônica.

O regime de Kim Jong-un manteve um ritmo acelerado de testes de armas nos últimos meses, à medida que continua a expandir as suas capacidades militares no meio de um impasse negocial e diplomático com os Estados Unidos e a Coreia do Sul.

No último sábado (20), inclusive, os norte-coreanos anunciaram um teste no dia anterior de um míssil de cruzeiro "de grande dimensão" e outro antiaérea na costa oeste do país, em direção ao Mar do Japão.

Os militares sul-coreanos também relataram ter detectado os preparativos do Norte para lançar o seu segundo satélite espião militar, mas até o momento não havia sinais de um lançamento iminente.

Alguns especialistas alertaram para grandes provocações do país devido a aniversários importantes no calendário norte-coreano: 15 de abril marcou o aniversário do fundador do Estado e avô de Kim, o "eterno presidente" Kim Il-sung, enquanto o dia 25 deste mês celebra a fundação do "primeiro núcleo revolucionário das forças armadas".
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use