Papa discute papel da mulher na Igreja com Conselho de Cardeais

Reunião prosseguirá nesta tarde e na próxima terça

Francisco se reuniu com cardeais no Vaticano (foto: ANSA)
Francisco se reuniu com cardeais no Vaticano (foto: ANSA)

(ANSA) - O papa Francisco participa nesta segunda-feira (5), no Vaticano, de uma reunião do conselho de nove cardeais no qual voltou a discutir o papel da mulher na Igreja Católica.

Segundo uma nota divulgada pela Sala de Imprensa da Santa Sé, o aprofundamento da reflexão, iniciada em dezembro passado, contou com as contribuições de três mulheres.

São elas: Irmã Linda Pocher, professora de Cristologia e Mariologia na Pontifícia Faculdade de Ciências da Educação Auxilium de Roma; Giuliva Di Berardino, consagrada da Ordo Virginum da Diocese de Verona, professora e gestora de cursos de espiritualidade e exercícios espirituais; e reverenda Jo Bailey Wells, bispa da Igreja da Inglaterra e vice-secretária geral da Comunhão Anglicana.

Na última sessão deste conselho, entre os dias 4 e 5 de dezembro, na Casa Santa Marta, o encontro também teve a presença de Jorge Bergoglio, de todos os cardeais e do secretário do Conselho.

Na ocasião, o grupo já havia iniciado uma discussão sobre "o papel feminino na Igreja" Durante o C9, "foi reiterada a necessidade de escutar, também e sobretudo em cada comunidade cristã, o aspecto feminino da Igreja, para que os processos de reflexão e de tomada de decisão possam se beneficiar da contribuição insubstituível de mulheres".

O Conselho dos Cardeais foi instituído pelo papa Francisco com o Quirógrafo de 28 de setembro de 2013 com a missão de ajudá-lo no governo da Igreja universal e de estudar um projeto de revisão da Cúria Romana, esta realizada com a nova Constituição Apostólica Praedicate Evangelium publicada em 19 de março de 2022.

Os trabalhos do C9, grupo de nove cardeais da estrita confiança do Pontífice, vão prosseguir ainda nesta tarde e na próxima terça-feira (6), quando serão discutidos outros temas. (ANSA).