Illycaffè celebra alta gastronomia no World's 50 Best Restaurants

Premiação do World's 50 Best Restaurants em Valencia (foto: divulgação)
Premiação do World's 50 Best Restaurants em Valencia (foto: divulgação)

(ANSA) - A empresa italiana illycaffè foi mais uma vez parceira do prêmio "The World's 50 Best Restaurants", ranking dos 50 melhores restaurantes do mundo e que hoje está entre os eventos gastronômicos mais esperados pelo setor e por entusiastas.

O blend 100% Arabica da marca de Trieste foi o café exclusivo de todos os eventos ligados à premiação, desde as palestras do #50BestTalks, que exploraram novas perspectivas para o mundo da hospitalidade, até a festa dos chefs, o jantar de boas-vindas e a própria cerimônia de anúncio dos vencedores, realizada no teatro Les Arts, em Valencia, na Espanha.

Dois chefs illy entraram no ranking de 2023: Niko Romito (16º), do restaurante Reale, em Castel di Sangro, e Mauro Uliassi (34º), que comanda uma casa homônima em Senigallia, ambos da Itália.

A lista é resultado de uma votação na World's 50 Best Restaurants Academy, grupo de 1.080 especialistas internacionais do setor provenientes de todos os cantos do mundo.

O júri de cada região é formado por jornalistas, críticos gastronômicos, chefs, donos de restaurantes e apaixonados por comida. Em 2023, o primeiro colocado no ranking é o Central, de Lima, no Peru.

"Estamos honrados em apoiar The World's 50 Best Restaurants e ser o parceiro de café oficial desse prestigioso evento", disse a CEO da illycaffè, Cristina Scocchia.

"Nossa longa história de excelência no mundo do café casa perfeitamente com a paixão e a dedicação dos melhores chefs do mundo. Gostaríamos também de felicitar nossos chefs que entraram no ranking e também com Ricard Camarena por sua estreia na lista dos 100 melhores restaurantes do mundo", acrescentou.

Durante a cerimônia, que teve a participação de Massimo Bottura, chef dono de três estrelas do Guia Michelin e embaixador da illycaffè desde janeiro, a marca de Trieste apresentou uma versão portátil de seu Personal Blender.

Com orientação de docentes da Università del Caffè, os chefs presentes puderam combinar os nove ingredientes do blend illy em quantidades e proporções diferentes para criar interpretações próprias de acordo com suas preferências sensoriais, gustativas e olfativas. (ANSA)