Itália fatura 3 medalhas nas Olimpíadas da Culinária

Chefs italianos venceram ouro, prata e bronze na Alemanha

Chefs italianos ganharam ouro, prata e bronze na Alemanha (foto: ANSA)
Chefs italianos ganharam ouro, prata e bronze na Alemanha (foto: ANSA)

(ANSA) - A Itália conquistou três medalhas durante sua participação nas Olimpíadas da Culinária de Stuttgart, disputada na Alemanha, informou a Federação Italiana de Cozinha (Federcuochi) nesta sexta-feira (9).

A seleção de chefs do "Belpaese" venceu uma medalha de ouro na categoria "Italian Taste", prata no "Chef Table Italy" e bronze na "Community Catering", cujos italianos disputaram pela primeira vez.

O topo mais alto do pódio foi conquistado pelo "Ristorante delle Nazioni" em uma competição que contou com concorrentes de 24 países. Ao todo, oito equipes por dia precisaram elaborar um menu de três pratos para 110 convidados, incluindo público pagante e cinco jurados internacionais.

Entre os chefs italianos que competiram estavam Francesco Cinquepalmi e Keoma Franceschi, responsáveis pela entrada; Marco Tomasi e Francesco Locorotondo, que fizeram a preparação do prato principal; e Giorgia Ceccato e Andrea Noite que criaram a sobremesa.

Fabio Mancuso gerencioi os pedidos do restaurante e o atendimento direto, com o apoio de Angelo Biscotti, Francesco Gotti e Antonio Dell'Oro. Por sua vez, Luigi D'Antonio era o auxiliar de cozinha.

Já a medalha de prata foi conquistada com a colaboração do chef pasteleiro Antonio Capuano e da confeiteira Carmela Moffa, com temas florais propostos tanto nas preparações dos alimentos como na decoração da mesa e na peça artística de confeitaria.

Os preparativos, feitos em 5 horas e dedicados a um total de 12 convidados, incluindo os jurados, variaram entre coberturas de pão, petiscos, prato de peixe, entrada vegana, prato principal de carne e sobremesa.

Por fim, na categoria "Community Catering" foi escolhido o melhor self-service gourmet para 120 pessoas. As diversas equipes foram responsáveis pelo serviço, saladas, pratos principais (vegano, carne e peixe) e sobremesas.

A equipe italiana que conquistou o bronze foi comandada pelo chef Vito Amato, auxiliado por Carmine Cataldo, Michelangelo Sparapano, Fabio Gallo, Domenico Zaccaria e Roberto Pisciotta.  (ANSA).