Exportação de azeite na Itália cresceu mais de 12% em 2023

País tem mais de 500 variedades do produto

Itália se consolidou como o 2º maior exportador de azeite em 2023 (foto: ANSA)
Itália se consolidou como o 2º maior exportador de azeite em 2023 (foto: ANSA)

(ANSA) - Um estudo realizado na Itália apontou que as exportações de azeites no país cresceram 12,48% em 2023.

Os dados foram revelados nesta terça-feira (19) durante um evento na cidade de Roma, que recebeu a 32ª edição do prêmio Ercole Oleario.

Andrea Prete, presidente da Unioncamere, afirmou que a Itália tem mais de 500 variedades de azeites e se consolidou como o segundo maior produtor no mundo, com 290 mil toneladas ao longo do ano passado.

"O azeite é um elemento de identidade. A Itália tem um milhão de hectares de olival, o que representa uma forte caracterização territorial", explicou Prete.

Além do crescimento de exportação, no ano passado, um azeite produzido em Bronte, na região da Sicília, foi eleito o melhor do mundo em um concurso nos Estados Unidos. (ANSA).