Nave espacial privada pilotada por italiano volta à Terra

A missão AX-3 pousou no Golfo do México nesta sexta-feira

Walter Villadei foi o piloto da missão AX-3 (foto: ANSA)
Walter Villadei foi o piloto da missão AX-3 (foto: ANSA)

(ANSA) - A nave Crew Dragon Freedom, da missão privada AX-3 e pilotada pelo italiano Walter Villadei, coronel da Aeronáutica Militar, chegou na Terra nesta sexta-feira (9), após uma viagem de cerca de 20 dias à Estação Espacial Internacional (ISS).

Depois de 47 horas de sua desacoplagem na ISS, o veículo pousou nas águas do Golfo do México às 10h29 (horário de Brasília), perto de Daytona Beach, na Flórida.

Além de Villadei, oitavo italiano a orbitar a Terra, a missão era composta pelo comandante hispano-americano Michael López-Alegría, pelo sueco Marcus Wandt, da Agência Espacial Europeia (ESA), e por Alper Gezeravci, primeiro turco a ir ao espaço.

Os quatro astronautas usaram o período na ISS para conduzir diversos experimentos, incluindo para monitorar objetos espaciais que retornam à atmosfera e a possível colisão de satélites de comunicações com detritos na órbita terrestre.

"Essa atividade contribuirá para reforçar o papel da Itália no âmbito da economia espacial e a promover as excelências de nossa nação", disse a premiê Giorgia Meloni ao felicitar Villadei pela conclusão da missão. (ANSA)