Valentino cancela desfiles após saída de diretor criativo

Pierpaolo Piccioli saiu do cargo após 25 anos na grife

Medida foi anunciada após Piccioli deixar direção criativa da grife (foto: ANSA)
Medida foi anunciada após Piccioli deixar direção criativa da grife (foto: ANSA)

(ANSA) - A grife italiana Valentino anunciou nesta segunda-feira (25) o cancelamento de seus próximos desfiles de moda masculina de Milão e Alta-Costura, em Paris, marcados para junho.

A decisão foi tomada poucos dias após a Maison e seu diretor criativo, o estilista italiano Pierpaolo Piccioli, encerrarem sua parceria depois de 25 anos.

"A criatividade continuará a nortear a empresa como pilar fundamental, dando forma a novas coleções futuras de prêt-à-porter feminina e masculina e alta costura, elevando o DNA da marca, os seus códigos icônicos e uma herança italiana incomparável", destacou a nota oficial.

A grife entrou em processo de restruturação depois da saída de Piccioli, que ingressou na Valentino em 1999 e, ao lado de Maria Grazia Chiurui, redefiniu o estilo da grife italiana, combinando a tradição artesanal do país europeu com uma visão contemporânea.

"Estou nesta empresa há 25 anos, e há 25 anos que existo e convivo com as pessoas que teceram comigo os enredos desta linda história que é minha e nossa", afirmou o italiano em um comunicado, agradecendo especialmente o Sr. Valentino e Giancarlo Giammetti, na semana passada. (ANSA).