Lula deseja boa sorte a 'novo governo', mas não cita Milei

Presidente do Brasil elogiou instituições argentinas

Expectativa é de relação tensa entre Lula e Milei (foto: ANSA)
Expectativa é de relação tensa entre Lula e Milei (foto: ANSA)

(ANSA) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva desejou boa sorte ao "novo governo" da Argentina, mas sem citar o nome do mandatário eleito Javier Milei, que durante a campanha chamou o petista de "comunista furioso" e prometeu não fazer negócios com o Brasil.

"A democracia é a voz do povo, e ela deve ser sempre respeitada. Meus parabéns às instituições argentinas pela condução do processo eleitoral e ao povo argentino, que participou da jornada eleitoral de forma ordeira e pacífica", escreveu Lula nas redes sociais.

"Desejo boa sorte e êxito ao novo governo. A Argentina é um grande país e merece todo o nosso respeito. O Brasil sempre estará à disposição para trabalhar junto com nossos irmãos argentinos", acrescentou.

Lula é amigo do atual ocupante da Casa Rosada, Alberto Fernández, e nunca escondeu a preferência pelo candidato peronista Sergio Massa, enquanto Milei acusou o líder brasileiro de tentar interferir nas eleições para prejudicá-lo. (ANSA)