/ricerca/brasil/search.shtml?any=
Mostre menos

Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Novo caso de feminicídio volta a comover Itália

Casal estava em processo de separação em Trentino

TRENTO, 11 janeiro 2024, 15:21

Redação ANSA

ANSACheck

Casal estava em processo de separação - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - Um novo caso de feminicídio voltou a causar comoção na Itália nesta quinta-feira (11), após um homem de 46 anos matar sua companheira, 38, na casa onde moravam e depois se suicidar.

Igor Moser assassinou sua esposa Ester Palmieri, na residência em que o casal viveu junto com seus três filhos, entre idades de cinco e 10 anos, no município de Valfloriana, na região de Trentino-Alto Ádige, no extremo norte da Itália.

De acordo com apuração da ANSA, a mulher sangrou até a morte devido a ferimentos provavelmente feitos por uma faca. Após cometer o crime, ele se deslocou até a cidade de Molina di Fiemme, onde seu corpo foi encontrado enforcado.

Fontes revelaram que Palemieri e Moses estavam em processo de separação e já moravam em casas diferentes. Um tio foi buscar os filhos do casal na escola nesta manhã. As autoridades italianas abriram uma investigação para apurar o crime.

O novo caso de feminicídio ocorre no mesmo dia em que um bombeiro italiano aposentado de 71 anos foi detido sob suspeita de assassinar sua esposa de 60 anos em Abruzzo, há um ano e meio.

Aldo Rodolfo Di Nunzio, de Lanciano, foi preso pelos carabineiros locais pelo assassinato voluntário de sua esposa, a zeladora Annamaria D'Eliseo, que foi encontrada enforcada com um cabo elétrico na garagem subterrânea da casa da família em 15 de julho de 2022, na área de Villa Iconicella, na cidade costeira.

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use