Se hai scelto di non accettare i cookie di profilazione e tracciamento, puoi aderire all’abbonamento "Consentless" a un costo molto accessibile, oppure scegliere un altro abbonamento per accedere ad ANSA.it.

Ti invitiamo a leggere le Condizioni Generali di Servizio, la Cookie Policy e l'Informativa Privacy.

Puoi leggere tutti i titoli di ANSA.it
e 10 contenuti ogni 30 giorni
a €16,99/anno

  • Servizio equivalente a quello accessibile prestando il consenso ai cookie di profilazione pubblicitaria e tracciamento
  • Durata annuale (senza rinnovo automatico)
  • Un pop-up ti avvertirà che hai raggiunto i contenuti consentiti in 30 giorni (potrai continuare a vedere tutti i titoli del sito, ma per aprire altri contenuti dovrai attendere il successivo periodo di 30 giorni)
  • Pubblicità presente ma non profilata o gestibile mediante il pannello delle preferenze
  • Iscrizione alle Newsletter tematiche curate dalle redazioni ANSA.


Per accedere senza limiti a tutti i contenuti di ANSA.it

Scegli il piano di abbonamento più adatto alle tue esigenze.

Homem mata esposa e se suicida em novo feminicídio na Itália

Crime ocorreu em Nápoles, no sul do país

NAPOLES, 09 fevereiro 2024, 08:56

Redação ANSA

ANSACheck

Polícia foi acionada, mas não conseguiu salvar vítima - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(ANSA) - Em mais um novo caso de feminicídio na Itália, um homem assassinou sua esposa no bairro de San Giovanni a Teduccio, em Nápoles, e, em seguida, cometeu suicídio.

Segundo as autoridades locais, o crime ocorreu na manhã desta quinta-feira (8) após o homem se entrincheirar dentro de sua casa junto com a mulher depois de atirar da varanda.

A polícia foi acionada e, apesar dos esforços dos negociadores, ele matou a esposa com um corte na garganta e depois tirou a própria vida. Os agentes invadiram a casa e encontraram os corpos um ao lado do outro.

De acordo com relatos dos vizinhos, o marido estava passando por um momento difícil depois de ter perdido o emprego. Ele trabalhava como segurança, mas foi demitido após a tentativa de roubo de sua arma. Na ocasião, ele ficou ferido.

O casal deixa três filhos, sendo que dois estavam na escola no horário da tragédia e o terceiro participava de uma excursão escolar. As autoridades abriram um inquérito para apurar a motivação do crime.

"Agora falei com a polícia. Esperamos que esta questão seja resolvida em breve", afirmou o prefeito de Nápoles, Gaetano Manfredi.
   

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © Copyright ANSA

Imperdíveis

Compartilhar

Veja também

Ou use

Último momento

404 Not Found

404 Not Found


nginx